Grupo folclórico polonês Wesoly Dom se apresenta na 17ª edição da Minastchê

0
4256

Com 19 anos de carreira o grupo vem ganhando destaque por suas apresentações nacionais e internacionais; de 26 de abril e 01 de maio a dança tomará conta da feira

A tradicional MinasTchê chega em sua 17ª edição trazendo a cultura gaúcha, italiana, polonesa e alemã para BH, com seus produtos tradicionais, como queijos, vinhos, salames, erva-mate, couro, artesanato e decoração. A feira que será realizada na Serraria Souza Pinto (Av. Assis Chateaubriand, 809 – Centro) de 26 de abril a 5 de maio, traz pela primeira vez traz à BH o premiado grupo folclórico polonês Wesoly Dom. Com 19 anos de carreira e uma trajetória extensa de sucesso, o grupo formado por artistas de Araucária/PR, .vem se destacando por suas apresentações nacionais e internacionais e pelo forte reconhecimento do público. Eles vão apresentar nos dias 26, 27, 28, 29, 30 de abril e 01 de maio (sexta a quarta-feira).

O Wesoly Dom consegue prender a atenção do público com suas tradicionais danças, como o Rzeszów, Beskid, Kolmajka, Szot Madziar e Krakowiak. Mas, além das danças, eles se destacam pelos trajes autênticos que de acordo com Célia Soczek Kozak, uma das fundadoras do grupo, é também um diferencial do grupo. “O Wesoly Dom é reconhecido através das suas belíssimas danças e também por seus trajes. Tanto que já participamos três vezes consecutivas no Festival Mundial Polônia representando o Brasil também com repertório de danças brasileiras. Claro, sempre mantendo viva a história dos imigrantes através do folclore, idioma e outros segmentos ligados a cultura polonesa”, disse.

O grupo já conquistou inúmeros títulos e premiações em festivais internacionais e nacionais. Além disso, recebeu título honorário do Estado do Paraná. “Fomos destacados na divulgação da cultura polonês e pelo trabalho com o Exército, no resgate histórico e na homenagem a familiares de ex-combatentes, heróis expedicionários de Araucária”, concluiu Célia Soczek Kozak.

Cultura polonesa

Os mineiros poderão conhecer, com apresentações ao vivo, as lindas danças típicas polonesas e alguns pratos típicos como o Ognisko. A palavra Ognisko em Polonês significa fogo e é uma tradi­ção muito antiga na Polônia. No passado, quando pastores e cam­poneses iam manejar os animais, faziam fogueiras (Ognisko) para se aquecer e lá aproveitavam para assar linguiças em varas de ma­deira ou bambu. Com o tempo virou tradição e passou a ser utiliza­da para comemorar e agradecer as boas colheitas no final de cada ano agrícola, além de poder reunir amigos para conversar e se diver­tir. Esta tradição permanece até os dias atuais, tão popular para os poloneses quanto para nós brasileiros realizar um churrasco quan­do nos encontramos com os amigos e familiares nos finais de semana.

A gastronomia polonesa estará presente na Minastchê e serão realizados ao vivo pratos típicos como:

BARSZCZ CZERWONY – Clássica e típica sopa de beterraba. Sabor intenso, cores vivas, é servida com creme azedo colocado por cima da sopa (SMIETANA). Acompanha um dos belos pães que eles fazem e vodka.

KIELBASA – são as famosas salsichas polonesas. Eles têm uma variedade delas, feitas com todo tipo de carne: peru, boi, porco, bisão, sangue de porco… E vários temperos, ervas, pimentas…

OBWARZANEK – Parece um pretzel. Geralmente polvilhado com sementes de papoula. Encontra-se em todo lugar. É o único alimento polonês que é protegido pela União Europeia. Símbolo não oficial da Cracóvia.

Minastchê

Considerada uma das mais aguardadas e simpáticas feiras de BH, a Minastchê estará na Serraria Souza Pinto (Av. Assis Chateaubriand, 809 – Centro) mostrando para os mineiros um pouco da cultura gaúcha, italiana, polonesa e alemã. Em sua 17ª edição, a tradicional feira começa no dia 26 de abril (sexta-feira), às 18h. Este ano, o evento conta com 100 expositores e reunirá comerciantes de produtos tradicionais como queijos, vinhos, salames, erva-mate, e ainda novidades em moda, couro, artesanato e decoração. Ela acontece durante 10 dias, de segunda a sexta-feira, das 16h às 23h; sábados, domingos e feriados, das 12h às 23h.

Serviço:

MinasTchê

Data: 26 de abril a 5 de maio 2019

Local: Serraria Souza Pinto – Av. Assis Chateaubriand, 809 – Fone: 31 – 3292 2323

Hora: segunda a sexta-feira, das 16h às 23h / sábados, domingos e feriados, das 12h às 23h

Valor do ingresso na bilheteria da Serraria Souza Pinto: R$ 8,00 (preço promocional, meia entrada para todos)

Venda antecipada de ingressos: www.minastche.com.br

Facebook: Minastchebh – Instagram: minastchebh

Menores de 10 anos e maiores de 60 têm entrada gratuita mediante apresentação de documento.

Assessoria de imprensa:

Heberton Lopes – [email protected]

Christina Lima: [email protected] – (31) 99981 4897

Felipe de Jesus – [email protected] (31) 3637 8008 – (31) 98988 7616

Artigo anteriorTrem Tan Tan apresenta seu “Sambabilolado e outros Tan Tans” em Centros Culturais de BH
Próximo artigoAlcione completa 45 anos de carreira com o show Eu sou a Marrom em BH
■ Jornalismo: (Apoio) ______________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ ■ Advocacia: Gestor Adv. [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ ______________________________________________________________________ ■ Graduado: Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é Jornalista (FESBH), Publicitário (IPSP), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes), Economista (UNIP) & Advogado (FACSAL). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecomunicações & TV (F.Nossa Senhora Aparecida / EAD). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here