Filhas de Farani realiza 5ª oficina sobre mães empreendedoras

0
1263

Brasil tem hoje cerca de 24 milhões de empreendedoras, sendo que 53% delas são mães

A vida de uma mulher muda completamente após a chegada do primeiro filho. Na verdade, muda assim que a mesma engravida. Muitas precisam parar de trabalhar fora de casa e acabam escolhendo empreender para manter ou auxiliar nas despesas da família. O número de mães empreendedoras têm crescido gradativamente no Brasil e é exatamente sobre este assunto: empreendedorismo materno, que a 5ª oficina do Filhas de Farani irá abordar no próximo dia 7 de maio.

O universo feminino do século XXI mudou, hoje, elas estudam, trabalham, são donas do próprio dinheiro, inclusive, do próprio negócio. O SEBRAE revelou recentemente que existem aproximadamente 24 milhões de empreendimentos chefiados por mulheres no país. De acordo com a entidade, 68% delas começaram a empreender após se tornarem mães.

Diante deste cenário, linkando também com a questão da pandemia no combate ao Novo Coronavírus e os percalços econômicos que a situação trouxe para as famílias brasileiras, a empresária Ana Karoline Andrade criou, há 1 ano, o Filhas de Farani, um grupo de mulheres que visa motivar e instruí-las sobre as novas formas de empreendedorismo no Brasil.

Segundo ela, “tudo começou comigo, aqui na cidade de Altamira, no Pará, após aceitar um desafio online e criar um grupo com apenas cinco amigas em um aplicativo de conversa. Agora, apenas 1 ano após, já temos embaixadoras em diferentes estados como Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e outras regiões”.

O grupo cresceu de tal forma que hoje conta com 56 embaixadoras em diversas regiões do Brasil e também do mundo, como; Continente Africano, Estados Unidos, Portugal e Noruega. Além disso, elas também possuem uma comunidade no Telegram com 1200 integrantes. Fora a conquista nas redes sociais, que tem crescido cada dia mais. “É gratificante, pois mostra que nosso esforço não é em vão e graças a ele, conseguimos ajudar muitas empreendedoras a se reinventarem em meio à crise”, comemora a empresária.

Nasce uma mãe, nasce também, uma empreendedora

“Nasce um bebê, nasce uma mãe, nasce uma empreendedora”, este é o lema que Ana e as demais integrantes do grupo usam diariamente em suas conversas. Para elas, quando uma mulher se torna mãe e diante de toda a situação que a cerca, ela se torna também uma empreendedora, com coragem e motivação para fazer o seu negócio acontecer.

“A nossa sociedade é cheia de mães leoas, e a maioria delas não é por romantização, é por necessidade mesmo! A mulher tem instinto ao ver o filho pequeno, e como uma leoa, ela vai para caça em busca do alimento. A nossa natureza é perfeita!”, elucida a gestora.

Em conformidade com toda essa questão e necessidade, o número de iniciativas como o Filhas de Farani, para criar uma rede de apoio a mães que precisam e querem ser donas da própria empresa, tem crescido no Brasil, ainda que de forma tímida. Defronte a essa situação, Ana e as demais parceiras de negócios entenderam que mais iniciativas carecem de ser criadas e por isso, abriram a Oficina que já caminha para a 5ª edição.

Sabemos que 68% das mulheres que se tornam mães, também se tornam empreendedoras. E qual o maior desafio que elas enfrentam? Quais são suas soluções? Onde elas acham apoio? Será que elas têm problemas em comum, e quais foram as soluções que deram certo para cada uma? Por isso abrimos a oficina”, esclarece a fundadora do projeto.

O evento que terá início às 19h00 e término às 21h00, será 100% online pela plataforma ZOOM. O intuito delas, segundo Ana, “é fomentar o empreendedorismo feminino entre mulheres que são mães e precisam sustentar a família para que desenvolvam suas capacidades empreendedoras e assim colaborarem com o desenvolvimento da independência financeira feminina”.

 

Para saber detalhes da programação e quem serão as preletoras, é só acessar o link: https://www.sympla.com.br/maes-empreendedoras__1181452

5ª OFICINA FILHAS DE FARANI

TEMA: “Filhas e Mães Empreendedoras”

LOCAL: Evento On-line Via ZOOM

DATA: 07/05/20201- SEXTA

HORÁRIO: das 19:00 ÁS 21:00 HORAS

 

Fontes: Ana Karoline Andrade, gestora na área alimentícia, empreendedora e fundadora do Grupo Filhas de Farani (@filhasdefarani). 

Foto: Embaixadora Michele Moura com o filho, na sua empresa nos EUA

Artigo anteriorIgrejas instalam bebedouros “anti-covid” em MG
Próximo artigoVeículos importados: bens que já foram inacessíveis aos brasileiros
■ Jornalismo: (Apoio) ______________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ ■ Advocacia: Gestor Adv. [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ ______________________________________________________________________ ■ Graduado: Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é Jornalista (FESBH), Publicitário (IPSP), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes), Economista (UNIP) & Advogado (FACSAL). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecomunicações & TV (F.Nossa Senhora Aparecida / EAD). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here