Inscrições abertas para o 6º Festival Nacional de Teatro de Passos

0
79

Espetáculo: As aventuras do Fusca a Vela – Grupo UEBA – 1 FNTP 2017 – Foto: Carlinha Corrêa.

 

Estão abertas as inscrições para a 6º edição do Festival Nacional de Teatro de Passos e região. Grupos e Companhias de Teatro de todo o Brasil que estejam interessados em participar do Festival, têm até o dia 27 de março para cadastrar o seu espetáculo. A peça não pode ser estreante. São aceitas inscrições para as modalidades palco, rua e espaço alternativo.

Para se cadastrar é preciso acessar o site www.festivalteatropassos.com  e preencher um formulário. A inscrição solicita, além de dados pessoais da Companhia e seu responsável, informações técnicas sobre o espetáculo, além de fotos, clipping e carta de liberação da Sociedade Brasileira de Autores Teatrais (SBAT) ou do autor do texto em formato PDF. Também é exigido o envio de um link, onde seja possível assistir à gravação do espetáculo na íntegra ou clip.

Cada grupo ou companhia pode inscrever mais de um espetáculo, se assim desejar. No entanto, o edital prevê que a seleção da peça seja realizada de forma soberana pela curadoria do festival, não cabendo recursos para outra decisão. A comissão organizadora vai selecionar 20 espetáculos teatrais. O resultado será divulgado no dia 4 de abril, também no site do festival. Os espetáculos selecionados deverão confirmar sua presença e, obrigatoriamente, enviar em até 7 dias após a comunicação de aprovação, um pequeno vídeo chamada que será utilizado na divulgação do evento.

O diretor de teatro e coordenador do Festival Nacional de Teatro de Passos, Maurílio Romão, diz que o processo de curadoria não é fácil, e que a comissão obedece a uma metodologia para selecionar os escolhidos. “Todos os anos o Festival de Passos recebe centenas de inscrições. São muitas peças originais, enredos excelentes e vários artistas qualificados. A comissão passa apertado para escolher quem entra e quem sai. Por isso, a nossa curadoria segue um roteiro na seleção, que avalia as peças inscritas sob vários aspectos e consiste em atribuir uma pontuação para cada um deles. São 100 pontos, os espetáculos classificados são os que conquistam as 20 maiores notas do ranking”, explica.

A curadoria tem 60 pontos para avaliar a qualidade artística do espetáculo, levando em consideração a encenação, comunicação, originalidade, produção e conjunto cênico. A comissão tem mais 20 pontos para atribuir ao potencial da equipe, analisando a capacidade do grupo em realizar o projeto proposto com êxito, por meio dos currículos, documentos, materiais apresentados e da qualidade do planejamento da proposta. Os últimos 20 pontos consideram a viabilidade de execução técnica do projeto dentro do que o festival oferece.

Histórico: reivenções e adaptações desde 2017

A primeira edição do Festival aconteceu em 2017 e reuniu 22 grupos teatrais de várias partes do Brasil. Já na estreia, o festival foi marcado pela apresentação de três grandes companhias: o tradicional grupo Galpão, além da presença de Gero Camilo e do grupo Ueba, do Rio Grande do Sul. As apresentações foram gratuitas e, somadas, reuniram mais de 25 mil pessoas na plateia. O espetáculo Escola de Mulheres levou 4 premiações nas categorias melhor ator, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante e melhor direção.

No ano seguinte, em 2018, o Festival Nacional de Passos se expandiu para a região, com programações em Alpinópolis e Carmo do Rio Claro. A segunda edição recebeu 38 espetáculos teatrais de todo o país. Cerca de 200 artistas se apresentaram na programação, que incluiu também oficinas culturais, shows musicais, debates, palestras, além do lançamento de um livro. O público também aumentou, cerca de 40 mil pessoas prestigiaram as atrações.

Em 2019, a recepção dos espetáculos ganhou um novo estágio: um bate papo com um corpo de jurados ao fim de cada atração, para debater uma crítica das peças junto ao público. Essa edição foi marcada pela descentralização do festival, que foi inserido em novos territórios, possibilitando a acessibilidade de um público que nunca tinha ido ao teatro antes e a maior regionalização do evento, alcançando novas cidades da região.

As edições de 2020 e 2021 foram impactadas pela pandemia, mas não impediram o festival de acontecer. Em 2020, no formato online e, no ano passado, em modalidade híbrida, o festival se manteve de pé.

A expectativa para a edição deste ano é retomar a presencialidade e a interação entre os artistas e seu público, celebrando o momento de retomada.

A 6ª edição do Festival Nacional de Passos acontece no sul de Minas de 17 a 24 de julho de 2022. Ao fim do evento, serão premiadas as seguintes categorias: Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante, Ator Revelação, Atriz Revelação, Melhor Texto Original, Melhor Direção, Melhor Cenário, Melhor Trilha Sonora, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem, Prêmio Especial do Júri, Melhor Espetáculo Opinião Popular, Melhor Espetáculo de Palco, Melhor Espetáculo de Rua, Melhor Espetáculo de Espaço Alternativo e Melhor Espetáculo do Festival. Os dois melhores espetáculos serão premiados com uma bonificação em dinheiro no para o primeiro colocado e para o melhor espetáculo segundo a opinião pública.

Mais informações sobre o festival podem ser obtidas pelo site, ou através do e-mail  [email protected].

Serviço
Inscrições para 6º Festival Nacional de Teatro de Passos
Data: 7 a 27 de março
Local das inscrições: www.festivalteatropassos.com
Data da divulgação dos selecionados: 4 de abril no site do Festival

Instagram: @fnteatropassos

Artigo anteriorDEPUTADO OSVALDO LOPES INAUGURA NOVA FASE DO COMPLEXO PÚBLICO VETERINÁRIO
Próximo artigoProjeto Líderes que Inspiram tem programação voltada às mulheres
Felipe Jesus - Siga: @felipe_jesusjornalista ■ Jornalista graduado há mais de 15 anos ■ Filiado: Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ | SJPMG) - Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ). Associado na União Brasileira de Imprensa (UBI) ■ Diretor e Associado na 'Associação de Imprensa Nacional (AIN)' e apoio no setor Jurídico. _______________________________________________________________________ ■ Publicitário | Divulgação de Notícias MKT: Publicitário - 3040 (DRT) - [ Agência Grupo Conteúdo (GC) - Administradora de Jornais / Sites ] e Setorial Comunicação Empresarial (SC). ________________________________________________________________________ ■ Advogado (Adv. Digital) | Apoio na gestão da 'FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial: Advocacia Trabalhista & Previdenciária - Cível (contratos e etc) - Consumidor - Autoral & Família' - ■ Filiado: Conselho - Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/CFOAB) | Associação Brasileira de Advogados e Bacharéis em Direito (ABRABDIR). ■ Colunista / Jurista (Matérias & Artigos): JusBrasil | Direito Diário e Jus.Com.Br _________________________________________________________________________ ■ Economista | Membro e apoio no Sindicato dos Economistas de Minas Gerais (SINDECON/MG) e Conselho Regional de Economia (CORECON/MG) __________________________________________________________________________ ■ Fotógrafo | Repórter Fotográfico - 20.400 (DRT) - Filiado na Associação de Imprensa Nacional (AIN) ___________________________________________________________________________ ■ Apresentador do canal 'Crítica Musical com Felipe de Jesus' (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ __________________________________________________________________________ ■ Formação Acadêmica (Graduações): Apaixonado pelos estudos, Felipe de Jesus é Mestre em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC), Jornalista, graduado em Comunicação Social: Jornalismo pela Faculdade Estácio de Sá (Centro Universitário - BH/MG), é Publicitário, graduado em Tec. Publicidade pelo Instituto Politécnico-SP, Teólogo, graduado no curso de Bacharel em Teologia pela Faculdade ESABI-BH/MG, RP graduado (Public Relations) pela U.Bircham e Sociólogo, graduado em Ciências Sociais: Sociologia pela Faculdade Polis das Artes-SP. É também Economista, graduado em Ciências Econômicas: Economia e Advogado, graduado em Direito: Ciências Jurídicas pela FACSAL/UNIESP-S.A. Por conta da Coluna Critica Musical, espaço ao qual fala sobre bandas e demais artistas, está atualmente inscrito no Bacharelado em Ciências Musicais (Música/Livre) - (FACOR-MG). ___________________________________________________________________________ ■ Coberturas | Editoração e Literatura: Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e no Youtube e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no Instagram (perfil pessoal). Desta coluna, surgiu seu livro digital, o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). _____________________________________________________________________________ ■ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]