Tráfego pago: uma alavanca para realizar vendas na internet

0
11

O publicitário e Google Partner Guilherme Vital afirma que o aumento das vendas é a principal consequência do tráfego pago bem planejado

O objetivo de toda empresa é ter lucro. O marketing digital ajuda a potencializar esse faturamento. “Se o objetivo de um negócio ou de um profissional autônomo é aumentar o número de clientes, isso pode ser alcançado através do investimento em tráfego pago”, diz o Google Partner Guilherme Vital.

Esse investimento, porém, não pode ser aleatório. Não basta estar disposto a apostar. É preciso ter uma visão de investimento e planejamento. Por meio de um estudo da demanda é possível ter previsibilidade sobre as vendas. “Investir na publicidade digital através do Google Ads significa, antes de tudo, uma análise da demanda sobre o produto ou serviço que será colocado à venda. Com essa análise, vamos calcular o preço para atrair cada potencial cliente até você”, explica o especialista.

Em curto prazo, a estatística entre os pedidos de orçamento recebidos e as vendas realizadas vai permitir verificar se o investimento está valendo a pena. “Essa é a parte de cálculos que faz toda a diferença no sucesso do marketing digital. Fazemos uma regra de 3 para calcular a probabilidade que nos revele quantos pedidos de orçamentos precisamos receber para alcançar um número X de vendas. Analisar esse resultado é fundamental para avaliar se o custo da mídia será rentável e sua viabilidade a longo prazo”, comenta Guilherme.

Tiro ao alvo

O especialista em gestão de tráfego certificado pelo Google Ads, comenta que essa possibilidade democratizou a visão para pequenas e médias empresas. “Antes, essa noção era obtida empiricamente. A pesquisa era algo extremamente caro, e por isso só as grandes empresas tinham acesso às informações de mercado, restando para as pequenas a alternativa de atirar no escuro. Hoje, microempreendedores conseguem analisar o cenário de venda de seus produtos e/ou serviços a partir das buscas feitas pelos usuários no Google e assim fica muito mais fácil traçar estratégias assertivas”, explica.

A escolha no tráfego pago é promissora também para negócios inovadores, pois além da competitividade ser menor ou inexistente, garante visibilidade sobre o revolucionário. “Mesmo quando não há demanda para a gente se basear, cabe ao empreendedor fomentar esse interesse no público e expandir o seu negócio em diferentes mídias para atrair os olhares sobre o produto que ele vende ou serviço que oferece”, garante Guilherme.

O publicitário diz que o marketing digital através do tráfego pago gera lucro para a grande parte das empresas e que, na maioria das vezes, quando o resultado é insatisfatório, existe alguma falha na estratégia de campanha de tráfego ou no processo de vendas da empresa. “Os resultados do tráfego pago são incríveis, mas não milagrosos. O trabalho do Google é entregar o cliente “na porta da loja/empresa”, sendo que a conquista e a fidelização desse comprador, é uma responsabilidade da empresa.

Em muitos dos casos, quando a empresa não converte as vendas de acordo com o esperado, indica um possível problema em seu processo de vendas “Já presenciei a empresa receber tantos orçamentos e não conseguir responder todo mundo. Assim, a culpa não é do tráfego pago, mas de um processo de atendimento ineficiente que não conseguiu dar atenção aos seus potenciais compradores”, conclui Guilherme Vital.