Festival Cantos de Beagá estreia com o tema “O que é que BH tem?”

0
125

O evento on-line, que acontece no dia 22 de setembro, às 17h, será transmitido pelo Youtube da Favo Cultural, com curiosidades sobre os atrativos turísticos da cidade, apresentações musicais de Lívia Itaborahy, Nath Rodrigues, Yan Brumas e Vagnér Santo, além de uma palestra do psicólogo Armando Siebler sobre a inclusão de pessoas LGBTQIA+; para promover a acessibilidade, toda a iniciativa contará com a com a presença de intérpretes de libras

Com o intuito de tornar mais leve este período de pandemia, vem aí a primeira edição do Festival Cantos de Beagá. Com o tema “O que é que BH tem?”, o evento vai proporcionar entretenimento seguro, com uma programação diversificada. Ao todo, serão mais de quatro horas de lazer com música, palestra e curiosidades sobre os atrativos turísticos da capital mineira. A transmissão on-line será no dia 22 de setembro, terça-feira, às 17h, por meio do canal da Favo Cultural no YouTube (https://youtu.be/SHCp2xlW0_0).

Para celebrar a chegada da primavera e o florescer de coisas boas, o Cantos de Beagá chega com uma programação comandada pela apresentadora Fernanda Izidoro que receberá no palco, entre canções, em lives intimistas, e bate-papo, as cantoras Lívia Itaborahy e Nath Rodrigues, os cantores Yan Brumas e Vagnér Santo, além do psicólogo Armando Siebler, com uma palestra sobre a inclusão de pessoas LGBTQIA+. Para promover a acessibilidade, o evento contará com intérpretes de libras, Língua Brasileira de Sinais. Durante a transmissão, será possível fazer doações por meio de um QR Code para a Ação de Solidariedade Feminista da Marcha Mundial das Mulheres.

Gastronomia e turismo

Outro destaque do festival será a exibição de vídeos turísticos que irão convidar o público a fazer uma visita virtual pelo Circuito Cultural da Praça da Liberdade, pelo universo da gastronomia, Mercado Central, bairro Bonfim, viaduto de Santa Tereza, passando pelas principais festas e festivais de Belo Horizonte, além do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Pampulha, um dos principais cartões postais da capital mineira e Patrimônio Cultural da Humanidade.

“A ideia é promover os pontos turísticos durante a pandemia, incentivando as pessoas a conhecerem locais da cidade, mesmo sem sair de casa”, diz Lúcia Rêgo, diretora da Favo Cultural, empresa realizadora do projeto.

Palestra

O combate à discriminação e a garantia da inclusão efetiva de todas as pessoas são grandes desafios atuais. Com base nisso, o psicólogo Armando Siebler, fundador da A1 Turismo e Viagens, empresa especializada em turismo receptivo e em atendimento ao público LGBTQIA+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transsexuais, queer e outros grupos de gênero e sexualidade) ministrará a palestra inclusiva “Diversar a Diversidade”.

Sustentabilidade e cidadania

Serão debatidos, ainda, temas importantes sobre as questões sociais, como, sustentabilidade e cidadania por meio das campanhas: “Diga não à violência doméstica” e “Compostagem doméstica”. Na prática, essas ações, já estão sendo difundidas no Facebook e Instagram da Favo Cultural.

Sobre os artistas

Lívia Itaborahy

Lívia Oliveira Itaborahy é cantora e compositora nascida em Volta Redonda (RJ). Mudou-se para Minas Gerais com oito anos e, desde os 16, compõe e se apresenta profissionalmente. Participou de diversos festivais com canções próprias e como intérprete. No final do ano de 2013 foi selecionada para ser uma das nove intérpretes do “Projeto Elas de Minas” com direção musical de Maurício Ribeiro e curadoria de Márcio Borges. Em 2014, ela foi escolhida como uma das vozes do programa “The Voice Brasil” com a interpretação da canção “Vieste” de Ivan Lins. Graduou-se em Licenciatura em Música com Habilitação em Violão erudito pela Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG).

Nath Rodrigues

Nath Rodrigues é multi-instrumentista, cantora, compositora, investigadora das artes cênicas, educadora musical e estudante de Musicoterapia pela UFMG. É cofundadora do Coletivo Negras Autoras e faz parte do Coletivo Lugar de Mulher. Lançou em julho de 2019 seu primeiro disco solo, o Fractal, álbum composto por 11 músicas que conta com participações de Chico César (PB), Luísa Mitre (MG), Vitor Santana (MG), Sérgio Pererê (MG), entre outros. O álbum foi listado entre os 100 melhores discos da música brasileira no ano de 2019 pela página “Embrulhador”. Paralelo ao Fractal, Nath apresenta suas canções em formato solo com o projeto intitulado “Cordas Gerais”, que já circulou por diversas cidades brasileiras, além de países como Argentina, Suíça, Portugal e Itália. A artista está em processo de gravação de seu segundo disco, que conta com novas canções autorais e releituras de canções estrangeiras.

Yan Brumas

Yan Brumas é intérprete musical e ator. Formado em Arte Dramática pelo Centro de Formação Artística e Tecnológica da Fundação Clóvis Salgado. Estudou música na Fundação de Educação Artística, em Belo Horizonte (MG). No estudo de Canto teve como professores: Babaya Morais (MG), Eudósia Acuña Quinteiro (SP), Eládio Pérez-González (RJ), Aída Couto (MG) e Viviane Donner (MG). Yan atuou em 25 espetáculos cênicos, além de ter realizado trabalhos em filmes cinematográficos, rádio e televisão. Dos seus shows musicais destacam-se: De peito aberto (2014), Tropical (2015) e Mutante (2018). Yan também foi vocalista da banda Barraus (que contemplava repertório da black music nacional), além de ter se apresentado em carnavais brasileiros, com shows em palco e trio elétrico.

Vagnér Santo

Poeta, compositor, cantor e Pós-doutor na área odontológica, Vagnér Santo nasceu na cidade de Rubim, no Vale do Jequitinhonha (MG). Mudou-se para Belo Horizonte em 1975, onde criou o grupo Seriguela e Pitanga, que interpretava músicas de raízes. Com o término da banda, em 1980, o músico iniciou carreira solo. Ganhou premiação em diversos festivais de música. Em 2006 lançou o primeiro CD “Do salgado e do doce”. Seis anos depois lançou a versão em inglês do mesmo álbum em Berkeley, na Califórnia (EUA). Em 2015 apresentou o novo trabalho, o álbum “De Palavras e Vinhos”, com direção musical assinada pelo músico americano Kai Eckhardt e gravado no Studio OTR, na Califórnia, nos Estados Unidos.

 

Serviço:

Festival Cantos de Beagá

Tema: “O que é que BH tem?”

Data: 22 de setembro, terça-feira

Horário: 17h

Evento on-line e gratuito transmitido pelo canal da Favo Cultural no YouTube: https://youtu.be/SHCp2xlW0_0

Programação: apresentações de curiosidades sobre os atrativos turísticos da cidade, lives musicais de Lívia Itaborahy, Nath Rodrigues, Yan Brumas e Vagnér Santo, além de uma palestra do psicólogo Armando Siebler sobre a inclusão de pessoas LGBTQIA+

Realização: Favo Cultural

 

Favo Cultural nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/FavoCultural/

Instagram: https://www.instagram.com/favocultural/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCuV-kpwqTfBjvQLLOjkgrrQ

 

Artigo anteriorExposição em BH faz homenagem ao pintor Lorenzato, que completaria 120 anos
Próximo artigoBruno César & Luciano dominam as paradas musicais do país com ‘Puro Malte’
[ Jornalista e Editor do portal do programa Momento Celebridades | TV Band Minas (em BH/MG)]. ______________________________________________________________________________________________ Jornalista & Publicitário (FESBH), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes) e Economista (UNIP). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC), Doutorado (especialização profissional LIVRE) em Ciências Sociais Políticas (USIP) e atualmente cursa Direito (UNIESP-BH/FACSAL). Apaixonado por música, colabora com rádios e portais falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. "Minha paixão pela música me faz quase um pesquisador. Um amor que vem da adolescência" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here