(19/11) Dia do Empreendedorismo Feminino: como empreender após a maternidade?

0
71

Empresária comenta os principais desafios e dicas para conciliar vida profissional com a maternidade e se dar bem no mundo dos negócios

De acordo com o Sebrae, as mulheres são as responsáveis pelo maior número de novos empreendimentos no Brasil e também são maioria quando o assunto é empreender por necessidade. Em contrapartida, mais da metade dos negócios fecham devido às dificuldades de gestão e falta de tempo para se dedicar à empresa.

Segundo Márcia Machado, empresária, influenciadora digital e diretora do Espaço Colaborativo Amor de Mãe, isso acontece porque muitas mulheres lidam com jornadas duplas ou triplas para conseguir manter a fonte de renda e cuidar da família. Além disso, a falta de conhecimento sobre como gerir um negócio é o principal vilão. “O principal desafio está exatamente na gestão correta do negócio. Por isso, no Dia do Empreendedorismo Feminino, por exemplo, sempre destacamos e buscamos a conscientização sobre a importância de incentivo e apoio, não só de pessoas próximas, mas, principalmente dos órgãos públicos, para que elas tenham acesso a meios mais seguros para aprender sobre o tema”, diz.

Dicas

Além do apoio da sociedade em geral, Márcia Machado destaca que algumas dicas podem ser valiosas para elas. Segundo a empresária o mais importante é ter foco. Além disso, saber separar vida profissional e pessoal também pode ser sinônimo de sucesso na profissão. “Um dos maiores erros é não saber dividir o tempo. Por mais que o objetivo seja unir as duas coisas, é importante saber equilibrar tudo da maneira correta sem esquecer de pontos importantes em ambos os lados”, completa.

Loja colaborativa se torna grande aliada na crise

Apesar do empoderamento feminino crescente e da habilidade delas em se readaptar, o empreendedorismo feminino ainda passa por desafios, principalmente no cenário atual em que toda a população é afetada pela pandemia mundial de coronavírus.

A boa notícia é que, desde 2019, dezenas de mães começaram a contar com um espaço colaborativo que se tornou um sucesso. Em contramão a crise, o Espaço Colaborativo Amor de Mãe cresceu e já conta com quatro unidades em BH. Enquanto isso, Márcia Machado, co-fundadora do local, conta que mais unidades estão a caminho.

Essa novidade alegra milhares de mães participantes do grupo Amor de Mãe, pois o local se tornou uma oportunidade para elas. “Atualmente, já são dezenas de mães que conseguiram montar o próprio negócio, fazem parte das nossas lojas e tem acesso a sonhada independência financeira. Até o fim do ano esse número vai crescer ainda mais”, destaca.

O modelo da loja que funciona em forma de “rodízio” também ajuda na rotina com os filhos. “Dentro da loja existem vários stands em que os clientes podem encontrar um pouco de tudo. Elas se revezam no atendimento e, assim, cada mãe precisa estar presencialmente na loja entre 1 ou 2 vezes por semana. Enquanto isso, temos uma filosofia de que o sucesso só é possível se todas estiverem juntas. Então, todas aprendem um pouquinho e trocam experiências para apresentar o produto de cada uma no processo de atendimento, criando uma experiência completa e de carinho com o cliente, além de serem parceiras e fazerem todos os negócios se destacarem juntos”, completa.

Serviço

Conheça as unidades:

Unidade BH Shopping: BR-356, 3049 – Belvedere

Unidade Shopping Estação BH: Av. Cristiano Machado, 11833 – Vila Cloris.

Unidade Shopping Cidade: Rua dos Tupis, 337 – Centro.

Unidade Shopping Del Rey: Av. Presidente Carlos Luz, 3001 – Pampulha.

Baixe o aplicativo Amor de Mãe BH e tenha acesso a todas as lojas sem sair de casa:

iOS: apple.co/2YGLTps

Android: bit.ly/2W90S9H

Fonte: Márcia Machado, empresária, influenciadora digital e moderadora do Grupo Amor de Mãe BH. Casada, mãe de 2 filhos e boadrasta de 2 crianças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here