Cuidados pós trombose precisam de atenção

0
635

Doença pode surgir como uma das possíveis sequelas da Covid-19

Alguns pacientes que foram infectados pela Covid-19 apresentaram diferentes quadros de tromboembolismo venoso. De acordo com a angiologista Marina Fonseca, especialista em cirurgia vascular, o problema pode ser uma das sequelas da COVID-19. “Cerca de um terço dos pacientes com o novo coronavírus internados em UTI são acometidos pela doença”, acrescenta.

A especialista ainda revela que a trombose também tem sido identificada com muita frequência naqueles que estavam em casa se recuperando. “Ainda não se sabe quanto tempo após o início da infecção a trombose pode surgir. Essa resposta ainda não é exata, em geral, o evento trombótico ocorre nos primeiros trinta dias de infecção, porém até um ano depois da infecção é possível relacionar a trombose com a infecção pela Covid-19”, conta.

O tratamento deve ser feito de acordo com cada caso e sob orientação de um profissional. “O uso de anticoagulantes é indicado para alguns pacientes que têm predisposição para trombose, mas não deve ser prescrito para todas as pessoas infectadas pelo Covid-19. Já o AAS (aspirina) administrado na admissão hospitalar e nos primeiros sete dias de infecção pelo vírus demonstrou menor taxa de internação em UTI, diminuição na necessidade de ventilação mecânica (intubação) e redução na taxa de mortalidade hospitalar”, esclarece a angiologista e cirurgiã vascular.

Acompanhamento 

No paciente que teve a infecção pelo coronavírus e apresentou quadro de trombose, alguns cuidados podem ser tomados.  “Evitar a imobilização prolongada. Após longos períodos restritos à cama, procurar voltar a se movimentar, uso de meias elásticas compressivas, de acordo com indicação médica, além de evitar o sedentarismo e manter um peso adequado. Realizar um check-up médico para evitar complicações”, aconselha.

Procurar ter uma vida mais ativa e saudável também é fundamental. “Realizar atividades físicas, ter uma alimentação balanceada, continuar o acompanhamento médico para que caso surja algum problema, ele possa ser tratado o mais rápido possível “, conclui Marina.

Fonte: Marina Fonseca, médica angiologista e especialista em cirurgia vascular. Atua em consultório próprio, em Belo Horizonte (@dramarinafonseca). 

Artigo anteriorComercializadora surge como alternativa para amenizar crise no mercado energético
Próximo artigoCasa da Sandra, novo restaurante de Macacos, será inaugurado hoje
■ Jornalismo: (Apoio) ______________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ ■ Advocacia: Gestor Adv. [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ ______________________________________________________________________ ■ Graduado: Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é Jornalista (FESBH), Publicitário (IPSP), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes), Economista (UNIP) & Advogado (FACSAL). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecomunicações & TV (F.Nossa Senhora Aparecida / EAD). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here