Catarata é uma das doenças mais comuns em cães idosos

0
11

Tratamento recém disponível no Brasil oferece resultado rápido, seguro e indolor para melhorar a visão e a qualidade de vida dos pets

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE), atualmente no país, existem mais de 52 milhões de cães de estimação. Com esse número, eles lideram o ranking de pets mais queridos pela população basileiro, provando aquela tese de que “o cachorro é o melhor amigo do Homem”. Logo, é normal que eles também causem tanta preocupação quanto um membro da família. E, assim como os humanos, ao envelhecer, o pet pode apresentar alguns problemas de saúde comuns da idade avançada.

Entre eles, a catarata é a mais recorrente em cães idosos. Mas, hoje em dia, o problema pode ser corrigido por meio de cirurgia, a facoemulsificação. “É realizada uma pequena incisão na córnea. Nela, o cirurgião insere um pequeno instrumento que abre a cápsula do cristalino para permitir o acesso à catarata. Uma caneta de ultrassom é utilizada para fragmentar e aspirar o cristalino. Por fim, uma lente intraocular artificial é implantada dentro da cápsula”, explica o veterinário e proprietário da Clínica Veterinária Professor Israel, Luiz Fernando.

Se o tratamento for realizado logo ao início da doença, os resultados são satisfatórios. “Quando muito avançada, têm um risco maior de complicações durante a cirurgia e, portanto, pode causar mais inflamação no pós-operatório, pois é acompanhada de inflamação, a uveíte, e aumento da pressão ocular, que pode causar glaucoma. No entanto, a cirurgia pode ser feita e ter um resultado satisfatório”, frisa.

Sinais

A catarata em cães apresenta sintomas que podem passar despercebidos. “O maior indicativo da catarata em cachorro é a coloração nos olhos do animal, que passam a ficar com tons de azul e cinza. Para ter certeza do diagnóstico, deve-se levar seu cão para avaliação veterinária, que será feita através do exame oftalmológico”, aconselha o veterinário.

Luiz Fernando acrescenta que a doença pode ocorrer devido às alterações nas lentes dos olhos (cristalino). “Essas alterações impedem que a luz chegue à retina, prejudicando a visão do cachorro”, completa.

Tratamento inovador

Agora, no Brasil, é possível encontrar um novo tratamento que também auxilia na correção da catarata. Ele é realizado com lentes especiais que, antes,não estavam disponíveis no Brasil. Agora, já são oferecidas diretamente no mercado brasileiro. “A IOVET é a primeira lente artificial para cães com fabricação nacional. Até então, era um produto apenas importado e sem aprovação”, frisa o veterinário.

O produto já começou a ser utilizado em janeiro deste ano, depois de passar por pesquisas e liberação dos órgãos competentes “Foi elaborado por uma empresa com mais de 50 anos de experiência, a Mediphacos junto a VIZOO e com minha consultoria técnica. Também conta com o registro no Ministério da Agricultura para uso animal. Entre os principais benefícios, está a disponibilidade de estoque e menor prazo de entrega para as clínicas veterinárias do país, possibilitando um tratamento mais ágil e acessível para os cães em todo território nacional”, comemora.

Fonte: Luiz Fernando, Médico veterinário na Clínica Veterinária Professor Israel.