Home office: postura inadequada pode ser um vilão para a saúde

0
1869
Portrait of an attractive woman in a chair at the table with cup and laptop, book, pencils, notebook on it. Concept photo

Confira as dicas para manter o corpo saudável e evitar dores musculares, além de outros problemas ortopédicos

O home office se tornou o principal modelo de trabalho nas últimas semanas, devido a pandemia da Covid-19 e o isolamento social no país. Porém, muitas pessoas não estavam preparadas para trabalhar em casa. A falta de equipamentos adequados e um espaço específico para trabalhar, tem ocasionado diversas queixas relacionadas a saúde muscular. Alguns dos principais problemas, geralmente, são ocasionados pela má postura e falta de exercícios físicos no ambiente caseiro.

De acordo com o INSS, uma das maiores causas de afastamento no trabalho são as dores nas costas. A fisioterapeuta Camila Katsuragi, comenta que a postura inadequada é a principal responsável por isso. “Principalmente em casa, essas dores podem ser ocasionadas pelo mau jeito na hora de se sentar ou deitar. Além de causar muito desconforto, manter o hábito de postura incorreta pode prejudicar a saúde a longo prazo e ocasionar diversos problemas ortopédicos”, alerta.

Dicas

Para evitar problemas e preservar a saúde das costas e outras partes do corpo, Camila separou algumas dicas. Confira:

Cadeira: “Um dos principais instrumentos de trabalho para quem está em casa se tornou a cadeira. Nesse momento, é importante investir em uma que seja confortável, com apoio correto para as costas e os braços. Nada de trabalhar o dia todo em locais inadequados como sofás, camas, poltronas e cadeiras com acabamento irregular. O ideal é que, ao sentar, você mantenha os pés apoiados no chão, as costas apoiadas retas no fundo e o joelho inclinado em 90º”.

Computador e mesa: “Os cuidados também devem ser mantidos com a mesa e computador. Os braços devem ser apoiados na superfície de maneira que os ombros não precisem se elevar. A tela do computador deve estar sempre na altura dos olhos para evitar que o pescoço fique inclinado por muito tempo tanto para cima, como para baixo”.

Exercícios: “Este é o principal aliado de qualquer momento na vida. Principalmente em casa, a atenção deve ser redobrada. Não esqueça de levantar periodicamente para se alongar. Mexa os braços, pernas e pescoço com frequência para evitar a tensão”.

Fonte: Camila Katsuragi, Fisioterapeuta há 17 anos, pela Univap, em SP. Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional pela Universidade Gama Filho. Pós-graduada em Fisiologia do Exercício. Pós-graduanda no Instituto Lair Ribeiro, em Adequação Nutricional e Manutenção da Homeostase.

Artigo anteriorÉ possível viver melhor com menos?
Próximo artigoTelemedicina pode reduzir em 80% atendimentos em hospitais
■ Jornalismo: (Apoio) ______________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ ■ Advocacia: Gestor Adv. [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ ______________________________________________________________________ ■ Graduado: Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é Jornalista (FESBH), Publicitário (IPSP), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes), Economista (UNIP) & Advogado (FACSAL). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecomunicações & TV (F.Nossa Senhora Aparecida / EAD). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here