Fôlego e boas compras, tudo na palma da mão!

0
481

Black Friday diluída ou na palma da mão em BH.

Black Friday, já considerada a maior oportunidade para o varejo este ano, surfa em ondas digitais e corre atrás das vendas perdidas durante a pandemia com um mês inteiro de ofertas na mineira Mãos de Arte, semanas temáticas no shopping Estação BH, e multicanalidade nos ViaShopping Barreiro e ViaBrasil Pampulha

Quando o fim de ano aponta no calendário, é sinal de boas-novas para o varejo: trazida pelo Dia das Crianças, a temporada de datas aquecidas é ainda mais bem-vinda agora, depois de o comércio amargar longos meses sem funcionamento na capital mineira. A próxima aposta, a Black Friday, agita o penúltimo mês de 2020 e dá o verdadeiro pontapé inicial à temporada natalina. Com cada vez menos sotaque, mais facilidades e por mais tempo, a data mistura, este ano, novos ingredientes à sua receita de sucesso, como atendimento remoto, acolhimento e boas práticas, comodidade e condições verdadeiramente atrativas à clientela, ávida por carrinhos cheios depois da crise no setor.

 

Na Mãos de Arte, loja de decoração e artigos importados fundamentados na filosofia budista e terapias holísticas, a Black Friday vai além da clássica sexta-feira de ofertas: durante todo o mês de novembro vem sendo garantidas condições especiais de compras no site da marca.

Com descontos progressivos nos mais de 400 itens do mix de produtos disponíveis no e-commerce, as oportunidades vão de 10% de abatimento nas compras cujos valores variam de R$ 100 a R$ 149,99, passando por 15% – de R$ 150 a R$ 299,99 –, chegando a descontos de 20% para os ‘carrinhos’ que ficarem entre R$ 300 e R$ 499,99, garantindo às compras acima de R$ 500 o maior abatimento no valor final, com descontos de 25% .

Além do site Mãos de Arte, a grife de artigos de decoração está presente em mais canais de vendas por meio de marketplaces como Camicado, Leroy Merlin e Mobly, chegando até o Natal à Amazon. “Durante a pandemia, vimos que o futuro como imaginávamos, representado pela venda online, estava ainda mais próximo e, apesar de um cenário assustador no início, foi a verdadeira virada de chave do nosso negócio”, relembra Roberta Fermann, idealizadora da marca. “Optamos, então, por fechar as duas lojas físicas em shoppings e dar continuidade ao projeto do e-commerce, diminuindo nossos custos, remanejando a equipe e aprimorando ainda mais a experiência digital do varejo que está cada vez mais omnichannel. Hoje, levamos proteção, fé e aconchego, com boas doses de cuidado aos clientes que se espalham Brasil afora”, garante.

Este ano, ainda, é a estreia da marca numa Black Friday 100% digital.

“Até então, nossa experiência era com lojas físicas em shoppings, cuja data mais aguardada, sem dúvida, era com a chegada do fim de ano. Já agora, estamos na expectativa, pois sabemos que, para vendas em formato remoto, a Black Friday é considerada o verdadeiro Natal”, conta a empresária que assegura boas condições de compras com os produtos carros-chefes da Mãos de Arte para além de novembro.. “A ideia é promover descontos naquelas peças que sabemos que tem mais procura”, adianta Roberta que já está preparando o mix especial que conta com produtos em marmorite, como fontes e imagens cujos valores flutuam entre R$ 519 – Buda Queda D’Água – a R$ 89,90, com o Ganesha na Flor de Lótus, ou o Porta vela e incensário Monge Meditando por R$ 88,90, além das opções da sempre em alta “lembrancinha” – produtos cujo ticket médio tende a ser menor. Nesta categoria, itens como chaveiros cujos valores partem de R$ 29,90, passando pelas pedras a partir de R$ 8,90 no site Mãos de Arte, e cristais como a Drusa de Pirita (R$ 74,90), além dos badalados óleos essenciais a R$ 39,90 e seus kits que incluem o óleo e difusor de até R$ 104, são os mais procurados.

Já pelos corredores do shopping…

Uma retomada do varejo com mais oportunidades e comodidade para os clientes; esse é o mantra do Shopping Estação BH para a tão aguardada Black Friday. A edição deste ano no mal, administrado pela brMalls, dura todo o mês de novembro e, dividida por segmentos a cada semana, garante descontos exclusivos disponíveis nas diversas modalidades de compra, seja online ou presencial.

Do começo do mês até o dia 29, o centro de compras expoente no Vetor Norte garante ao consumidor ainda mais oportunidades de boas compras com cinco períodos temáticos de promoções. De 2 a 8 de novembro, com a ‘Semana do Lar’, o público pôde aproveitar os descontos em móveis, decoração, eletrodomésticos, utensílios domésticos, cama, mesa e banho e tudo relacionado à casa; já na semana seguinte – de 9 a 15 de novembro, foi a vez dos materiais esportivos, produtos e serviços de beleza, spa, viagens e afins com a ‘Semana do Bem-estar’. As boas oportunidades de compras de roupas, calçados, acessórios e tecnologia seguiram do dia 16 a 22 com a ‘Semana do Estilo’, enquanto itens como televisores, games, instrumentos musicais, computadores e equipamentos de áudio podem ser garantidos até dia o 26 com as melhores condições na ‘Semana da Diversão’. “Tudo para que na Black Friday propriamente dita – que, no varejo, se concentra entre 27 a 29 de novembro, último fim de semana do mês –, tenhamos menos fluxo nos corredores do shopping, evitando qualquer tipo de aglomeração, afinal, o momento pede cautela e seguimos criteriosos com o protocolo no Estação BH”, enfatiza Rumenigue Marchioro, gerente de marketing do mall. 

A ampliação da segunda data mais importante do semestre – só atrás do Natal – é resultado da atenção da brMalls às mudanças do comportamento do consumidor, que está mais digital e preciso na escolha daquilo que é prioridade.

Diluindo a Black Friday deste ano, o shopping reforça o cuidado com o distanciamento necessário motivado pela pandemia e, claro, gera ainda mais oportunidades de vendas aos quase 230 negócios por lá sediados – entre lojas e quiosques: “os lojistas que conseguem antecipar suas vendas e aproveitar a ocasião, garantem mais uma boa oportunidade para reestabelecerem seu caixa, um fôlego novo, motivando suas equipes e, naturalmente, reforçando as marcas diante de seus públicos”, finaliza o gestor.

Porque informação não ocupa espaço e garante boas vendas!

Já nos empreendimentos do mineiro Grupo LGN, ViaShopping Barreiro e ViaBrasil Pampulha, a Black Friday vai além dos descontos de até 70% durante a batizada “Semana Turbo”; a pluralidade nos canais de compras e a capacitação dos lojistas vão garantir muito mais que novos meios de aproveitar as ofertas.

De 23 a 28 de novembro, os centros comerciais da região do Barreiro e Pampulha vão reforçar as boas práticas iniciadas durante a pandemia, garantindo aos clientes três formas de comprar: a vitrine/catálogo virtual e o drive-thru – ferramentas que chegaram com a necessidade do distanciamento social e se transformaram nas grandes apostas do varejo – e, claro, a boa e velha “batida de perna” pelos corredores dos Vias. Esta última, porém, diluída em uma semana inteira de ofertas, para não sobrecarregar os empreendimentos.

“Sempre fizemos uma comunicação voltada para receber os clientes nos empreendimentos, mas este ano queremos, além disso, dar alternativas de compras à distância, por isso não vamos estimular estritamente as vendas presenciais e, sim, reforçar a importância do distanciamento e todos os protocolos de higiene, fazendo uso de recursos de vendas remotas”, explica Pedro Rocha, gerente de marketing do Grupo. De acordo com o gestor, parte fundamental dessa conscientização foi feita ao longo do curso oferecido pelo Grupo LGN aos seus mais de 200 lojistas: o projeto “Like Certo”, iniciado no final de julho, disponibilizou 10 semanas consecutivas de aulas gratuitas aos empreendedores com operações nos Vias, abordando temas a respeito do marketing digital. “Já prevendo a tendência natural à multicanalidade no varejo, buscamos preparar nossos lojistas para vivenciar o novo momento. Tudo para que as marcas pudessem se comunicar com o cliente de forma mais eficaz e, claro, de onde quer que estivessem, sem necessariamente a presença física”, conta Pedro.

Lançando a vitrine e catálogo virtuais ainda em maio, o Grupo LGN encurtou as distâncias enquanto as operações comerciais presenciais na capital mineira ainda estavam suspensas, mas também entendeu a importância de capacitar os lojistas para este novo momento que se descortinou no decorrer do isolamento. Durante as aulas, profissionais de renome foram convidados a compartilharem suas experiências, como a mineira Isabela Lapa, especialista em Marketing Digital e Influência (@CoisasdeMineiro), repassando aos lojistas desde o beabá das redes sociais, até os segredos de uma boa venda online. “Trabalhamos essas estratégias há um tempo já, cientes de que, com a chegada de datas importantes no comércio, conseguíssemos explorar esses canais digitais”, relembra. “Agora, com a abertura dos shoppings, os canais de compra remotos uma vez lançados, não precisam ser abandonados, muito pelo contrário, eles representam uma ampliação de possibilidades de vendas e nossos lojistas estão atentos”, conta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here